Porto Alegre: Porto Cervejeiro atrai centenas de pessoas às cervejarias

Centenas de pessoas aproveitaram o calor deste sábado, 12, para circular entre as nove cervejarias e microcervejarias participantes do projeto Porto Cervejeiro. Em uma programação integrada, os nove estabelecimentos abriram suas portas para quem desejasse conhecer processos de fabricação das mais diversas variedades de cerveja – das tradicionais pilsen, com sabores mais leves, até as Ipas, com amargor mais pronunciado.

Além disso, a programação incluiu cardápios especiais, opções de harmonização com carnes e salgados e atrações que proporcionaram uma grande amostra da cultura cervejeira da Capital. O objetivo da iniciativa foi testar a viabilidade de uma rota cervejeira, com programação permanente capaz de atrair e mobilizar os apreciadores da bebida em Porto Alegre.

Na avenida Polônia, os participantes tiveram duas oportunidades de visitar as dependências da 4Beer – Cerveja e Cultura. Também puderam escolher entre quatro opções de degustações harmonizadas. A porção de porco ao mel, por exemplo, era oferecida com Special Bitter. Para quem prefere doces, a casa oferecia, ainda, brownies de chocolate para harmonizar com a Imperial Stout.

Já na Travessa São José, a Cervejaria Alcapone ofereceu uma programação especial misturando degustações, gastronomia e entretenimento. Além de brinquedos infláveis para crianças, a cervejaria disponibilizou seu mestre cervejeiro e um especialista em assados – que falaram sobre a cultura do pampa e apresentaram opções de cerveja que harmonizam com cortes e receitas preparados na brasa.

Enquanto isso, na avenida Carneiro da Fontoura, a Bier Hatha abriu suas portas para quem desejasse fazer uma verdadeira imersão na cultura cervejeira. A visita guiada passou pelos barris em que a bebida descansa antes de ser servida e terminou em uma régua de degustação com cinco variedades de cervejas.

Para o vice-presidente do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha), Sandro Zanette, o primeiro dia do Porto Cervejeiro foi uma importante amostra do potencial de desenvolvimento do setor. “Quem passou pelas cervejarias encontrou cervejas feitas com matérias-primas de alta qualidade, ótimas opções de gastronomia e bons ambientes. Temos muito a avançar, ainda, mas já está claro que Porto Alegre pode se consolidar como uma referência no turismo cervejeiro, tanto quanto a Serra Gaúcha está consolidada no enoturismo”, explicou ele.

O projeto Porto Cervejeiro faz parte do Pacto Alegre, que reúne universidades, governo, setor privado e entidades não-governamentais em torno de uma agenda estratégica de desenvolvimento da cidade e melhoria da qualidade de vida a partir da inovação. A ação, que integra o macrodesafio “Imagem da Cidade”, conta também com os seguintes impulsionadores: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região (Sindha), Associação Gaúcha de Microcervejarias, 4all, POA Inquieta, Famecos/PUCRS e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Eduardo Cidade, o Porto Cervejeiro vem para beneficiar não só as cervejarias, mas também o ecossistema econômico e urbano de Porto Alegre. “Nossa expectativa é que esta experiência sirva de base para o desenvolvimento de uma programação cada vez mais ampla e diversificada, capaz de atrair tanto os apreciadores de cerveja quanto os turistas ocasionais. Essa movimentação serve de estímulo para a ocupação dos espaços urbanos e a qualificação dos serviços públicos que atendem essas regiões da cidade, especialmente o 4º Distrito, onde se localizam a maioria das cervejarias”, aponta.

O diretor de Inovação da prefeitura, Paulo Ardenghi, destaca que este foi apenas o primeiro de quatro sábados de programação do Porto Cervejeiro. Para ele, a adesão do público tende a crescer na medida em que mais pessoas conhecem as atrações do projeto. “Não tenho dúvidas de que estamos dando um passo muito importante para fortalecer as nossas cervejarias e microcervejarias, fazendo em Porto Alegre uma espécie de ‘vale dos vinhedos’ da cerveja”, observa.

Texto de: Andreas Müller
Edição de: Andrea Brasil
Fotos: Maria Ana Krack / PMPA
Fonte: PMPA