ACPA: Gerenciamento de emoções para promover resultados

Na palestra “Liderança 4.0, o perfil comportamental como ferramenta para uma liderança estratégica”, que ocorreu durante o Bom Dia Associado, promovido pela Associação Comercial de PortoAlegre nesta quinta-feira, 24/10, Angelita Garcia disse que um líder gerencia emoções e precisa saber lidar com isso, promover resultados positivos com a equipe de trabalho.

Angelita Garcia é especialista em RH Estratégico e Consultora Especializada em Comportamento Organizacional e Neurociência Corporativa há mais de 18 anos. Segundo ela, hoje o cliente quer colo, afeto, e só depois tratar de vendas, questões técnicas. “Mais do que o lado técnico, o profissional precisa desenvolver o humano.”

Ela trabalha com a neuroliderança, termo que designa um campo de estudos e pesquisas que visa combinar princípios do funcionamento da mente humana, fruto de pesquisas neurocientíficas, com as práticas de desenvolvimento de competências de liderança, treinamento de gestores, gestão da mudança, educação e formação, consultoria e coaching.

Para Angelita, mais do que o dinheiro, o poder depende da inteligência. Ela lembrou que o psicólogo e pesquisador norte-americano, Howard Gardner – autor da “Teoria das Inteligências Múltiplas, no século 21” -, diz que atualmente só 20% da força de trabalho tem condições e 80% não tem conhecimento nem habilidades essenciais.

Hoje, não existe mais espaço para o profissional analógico, conforme ela. “Estamos em tempos de Cibridismo (ciber + hibridismo), um termo que designa a hibridação entre os mundos on e offline, isto é, a interpenetração crescente entre essas duas esferas, fazendo com que seja cada vez mais difícil, senão impossível, existir em apenas uma delas.”

Fonte: ACPA